sexta-feira, 6 de maio de 2011

Cansei


Já é noite, e aqui sentada de frente para a tela em branco do Word,fico pensando em você,e me pergunto por que eu amo mais do que sou amada?Por que fico  como uma idiota esperando noticias suas? Seja pelo Orkut,MSN, twiter , facebook,ou sei lá mais o que.Porra eu to de saco cheio. Confesso, finjo ser boazinha,finjo ter paciência,mas na real eu quero é mandar você se explodir.
Sou sempre eu que beijo, eu que digo te amo, eu que sinto saudades,eu que passo horas escrevendo um depoimento lindo,eu que fico esperando um telefonema,eu que idealizo uma noite nossa.Ah e você ? Nada. Pra você eu sou pegajosa?Vai se ferrar, eu só quero atenção, só quero ser correspondida, que amor é esse que não se expressa, que amor é esse não toca, não sorri, não senti saudades?
Sabe o que ta faltando em mim?Vergonha na cara. Quando estou com você, eu sou a mulher mais feliz do mundo. Será que é assim pra você também?
Chega de incertezas. Acabou

6 comentários:

BigJaque disse...

Báh, tudo verdade. Achava que só eu me sentia assim .-. É perfeito quando estamos com eles, mas e depois? O melhor que temos a fazer é mandar eles pra lua kk Eles não merecem pessoas como nós.
Parabéns pelos blog, seguindo :)
http://pluralissimo.blogspot.com

Camila disse...

uau.. adorei!
Essa incerteza do sentimento alheio realmente enche o saco. As vezes sem palavras eles dizem eu não te quero mais e por não termos vergonha na cara tapamos os ouvidos.
Beijao flor, ótimo domingo!

Patrícia ♥ disse...

Que lindo o seu cantinhoo..
adorei aqui!!

estou seguindo..
retribui??

beijios
http://pathyoliver.blogspot.com
http://momentosdapathy.blogspot.com

celular espiao disse...

www.celularespiao.org

Se você precisar de um Grampo para telefone Celular, saiba que somos pioneiros na confecção destes equipamentos. Escuta de celular ou grampo telefonico Você grava tudo de forma totalmente segura e oculta e ainda pode receber as suas gravações por e-mail.

Sarah Lisboa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sarah Lisboa disse...

diversas vezes sinto-me assim, quando estamos pa baixo k
ual, AMO AMO AMO AQUI!