domingo, 16 de janeiro de 2011

Caiaques e sonhos esquecidos

-Oh Liam,Liam....A dor inflama minha alma,e reflete o maior dos sofrimentos em meu olhar. Ondes estas agora meu amor? Vagando morimbundo por algum lugar escuro? Dedilhando uma melodia em seu violão? Ou a pensar em como poderiamos ter sido felizes juntos?
 Estou trêmula, como na primeira vez em que fitei seu olhar. Minha respiração ofegante quando fico a imaginar o tocar das suas mãos. E meu peito agora,alterna.Hora para cima, hora para baixo, e demora, até voltar ao ritmo normal.
 Queria eu andar mil leguas,rodear o mundo,enfrentar os piores dos mares,mais nunca ficar longe de você.
 A nossa Canoa,ainda está aqui,mais solitária fica a esperar no pier,a esperar dois corpos a velejar,dois seres que se amaram nessa vida e em muitas outras,dois coraçoes que nao mediram as dificuldades e se entregaram ao mais avassalador amor.

4 comentários:

Sarah Lisboa disse...

assim como o seu dom de escrever, sempre estarei aqui pra ler, muito bom vick *-* (rimei-nn)

Elysi disse...

lindo demais *-*

ॐ ARTUR disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ॐ ARTUR disse...

Peeeeeeeeerfeito, não resisti, copiei uma parte e mandei pra Artur *.* que linnndo Cunhada, muuito sucesso pra vc minha linnda s2 / Lilianne (: