terça-feira, 21 de setembro de 2010

Relíquias do passado

Hoje acordei com raios rabiscando o céu, causando um tremor em meu peito.E automaticamente começo a lembrar daquele dia.Digo aquele dia em que desejei ter morrido,em que desejei nunca ter nascido.É difícil lembrar,porem mais complicado ainda abrir aquela pequena caixa de madeira que fica escondida dentro do meu guarda-roupa.Mas hoje estou disposta a abri-la,estou disposta a tentar de alguma maneira te sentir,sentir seu cheiro e recordar de como era maravilhoso viver ao seu lado.
Segui até meu quarto, respirando fundo, e sentindo meu coração feito uma locomotiva velha, abri a terceira porta e lá estava ela, escondida atrás de uma serie de lençóis. Logo a toquei tirando-a do seu sossego e trazendo novamente á tona.  
Caminhei moribunda até a saleta, fechei as cortinas e agora sentei frente a ela.
Sinceramente ela parecia me desafiar. Eu seria capaz de abri-lá?
Vou contar como tudo aconteceu e me desculpe se em algum momento eu travar e não conseguir dizer nada, apenas precisarei de um momento para me recuperar.
...
Era uma manha cálida de Novembro, e embora eu ainda estive deitada, conseguia avistar o céu. John ainda dormia mais logo me abraçou por trás dizendo à frase que sempre dizia ao acordar. ”Amo você”.Era domingo,e o nosso ultimo dia juntos,pois na manha seguinte ele teria que pegar o avião para fora do pais a trabalho.Já estava acostumada,as vezes era até bom sentir saudades.E matar a saudade era melhor ainda!Mas planejei um domingo cheio de surpresas, precisávamos nos divertir. Fiz reservas em uma pousada de frente para praia em búzios. Era um lugar incrivelmente fascinante. Digno de uma linda historia de amor. Já conseguíamos sentir o ar fresco e a brisa batendo contra nosso rosto, as janelas mantinhasse abertas em todo o trajeto.Passamos por Rio das Ostras,e continuamos no mesmo ritmo.Lembro-me bem da conversa que tivemos dentro do carro.
O que você planejou heim?”
“Surpresa,mais você vai gostar.”
“Tenho certeza que sim pequena, e também tenho um presente pra você”.
“Jura?O que é?”
“Vai saber no momento certo. Também queria que soubesse que essa será minha ultima viajem, conversei com Tim meu chefe e ele concordou.Nao quero fica longe de voce,e correr o risco de te perder.
“Pequeno, você nunca correu esse risco. E independente de está aqui ou não eu sempre fui fiel a você.”
John não era um cara perfeito, ele tinha defeitos e eu o amava por isso.Nunca idealizei um cara em proporções perfeitas,eu procurava alguém que me completasse,e que de alguma forma despertasse em mim o que eu nunca havia sentindo.Ele não era do tipo autoritário ou machista,mais as vezes deixava a toalha molhada em cima da cama.Nao era do tipo que cozinhava,mas em ocasiões especiais sempre me levava a um bom restaurante.O engraçado é que estudamos juntos desde o jardim de infância,e somente na faculdade que começamos a nos apaixonar.Ele desde pequeno tinha uma mania.Sempre que queria se despedir ou fazer as pazes deixava um bombom serenata junto com um bilhete.O engraçado é que o bilhete dizia,”se você comer o bombom,estarei perdoado”.Então sempre estava perdoado por que eu não resistia a um bombom.
Tessy,eu estou tão feliz, que chego a desconfiar que alguma coisa pode acontecer.”
“Como o que?”
“Não sei,eu apenas pensei,mas deve ser coisa da minha cabeça.”
Logo chegamos na pousada,o quarto ficava de frente para a praia,os tom azul da parede e a hostilidade dos móveis deixava o ambiente aconchegante.Todos os moveis sem exceção eram pitados de branco,e a decoração repleta de conchas e de crustáceos.
O cheiro da maresia inundava todo o ambiente. Chegamos antes do almoço e resolvemos ir até a praia. Enquanto eu estava no banheiro colocando o biquíni,percebi que a porta havia batido,e logo estava sozinha.Mas reparei que sobre a cama estava um bombom serenata e um pequeno envelope.Entao sentei-me e comecei a ler.

“Pequena Tessy,não sei bem por que escrevi essa carta,mas na noite passada,depois que fizemos amor,enquanto você dormia,senti a enorme necessidade de escrever.Queria de alguma forma agradecer pois sempre esteve ao meu lado.Lembro-me bem quando eu perdi meu primeiro dente,você está lá.quando eu levei meu primeiro tombo ao tentar andar de bicicleta você estava lá.Quando eu simplesmente odiava ter uma menina como melhor amiga você se vestiu de menino.
Quando perdi meus pais,naquele terrível acidente,sua família me acolheu,e você dividia sempre tudo comigo.
Tessy você me ensinou que na vida tem jeito pra tudo, nunca conheci uma pessoa tão otimista e de tanta fé. Acho que eu nunca te contei, mais sabe quando eu me apaixonei por você?O exato momento?
Lembra do Max, aquele seu primeiro namorado?Quando eu o via segurar sua mão, era com está mastigando uma pimenta vermelha. Quando ele queria ser meu amigo e me chama de cunhado me dava vontade de quebrar a cara dele. Em fim, descobri que doía muito saber que outro te tocava. Foi ai que comecei a entender que tudo em você me atraia.Eu simplesmente acordava de manha querendo sentir seu perfume de rosas,querendo admirar seu sorriso largo e brilhante.E confesso que muitas vezes eu fingia ter alguma coisa no seu cabelo só pra tocá-lo.O dourado dele sempre foi perfeito.~
Não sou muito bom com as palavras, e poderia resumir tudo isso em apenas uma frase.
Amo você.
Como eu te disse, prometo que essa será minha ultima viagem a trabalho e depois ficaremos juntos sempre.
Com amor, John.
Quando acabei de ler,percebi que lagrimas faziam uma pequena trilha até minha boca.Levantei rápido e encontrei um bilhete na porta.

Estou te esperando perto das pedras, tenho um presente pra você.

Continua...

4 comentários:

Mariana disse...

Olaaaa! Aqui é a Mariana de Portugal! Parabéns pelo seu blog Victoria, muito sucesso, continue escrevendo *--* vou te adicionar a lista de links do meu blog, se puder passa lá também ;)
Bjs

Carol C. disse...

Lindo demais! Continua, continua!
Obrigada por linkar o meu blog ;D Vou colocar o seu lá tbm...amei flor! Sucesso!

Beeijos!

Lana Ferreira disse...

Poxa, quase chorei...
na verdade acabei de segurar uma lagrima, mas só uma ^^
Que lindo!
Meu deu alguma forma de inspiração.
Continua, por favor!
Por favor.

Sarah disse...

quase chorei aqui! Lindaap*-* continua por favor ²