segunda-feira, 27 de junho de 2011

Reflexão

  Princípios, orgulho, prioridades. Sabia muito bem o que eram essas três coisas, porem as perdi, desde o momento em que entendi,que poderia te perder .Minhas mãos ficaram trêmulas, minha respiração oscilava, a saliva descia rasgando minha garganta,fazendo meus olhos se encolherem. Aquele lugar era frio e banhado por lagrimas, o olhar das pessoas que vagavam pelo corredor era sombrio e triste. Seu corpo estava ali, completamente imóvel, um tubo seguia até suas narinas, e o painel ao lado marcava os batimentos do se coração. Os internos, apenas cumpriam suas metas e obrigações, me sentia sozinha, como se meu ventre tivesse sido arrancado, como se eu tivesse gerado uma criança, escutado o choro dela e depois a visto falecer em meus braços. Não consigo descrever a dor em palavras, é como se perdesse todos os membros do meu corpo no mesmo instante.
   Ainda assim seria pouco pela dor que estou sentindo. Como pode um ser tão indefeso abandonar a vida tão pequeno e frágil. Talvez eu não esteja sendo clara ,o suficiente.
Minha filha tem apenas cinco anos, ela sobre de câncer, está em fase terminal, e só o que eu posso fazer é deitar ao seu lado e deixar que segure a minha mão. O que eu posso fazer é afirma com toda minha convicção, que ela irá ficar bem, e que nos iremos até a praia e o céu estará de um azul radiante e profundo e areia tão branca e transparente. E que correremos por todas as partes e depois eu a colocarei pra dormi, contando uma linda historia, e ela adormecera nos meus braços. Mas eu sei que nada disso irá acontecer, ela só tem algumas horas de vida, e quando eu repito essa mesma frase pra ela, eu sinto que facas rasgam meu peito, e que as lagrimas que escorrem pelo meu rosto parecem levar consigo toda a minha alma.
Ainda sinto, mesmo que fraco o pulsar do seu coração contra mim, sua respiração está por um fio, e seu rosto corado, agora já não tem cor,é apenas pálido .Meu Deus se eu pudesse trocaria de lugar agora,colocando sofre mim,tudo o que a faz morrer, parece loucura mais eu morreria com um sorriso nos lábios, e seria a ,mulher mais feliz de todo o mundo.
Minha pequenina, mamãe está aqui, tudo irá ficar bem.Oh frase que me faz chorar.
Agora eu posso sentir, ela esta indo, seus olhinhos estão fechando, e seu rosto semelhante ao de um anjo.

Um comentário:

Sarah Lisboa disse...

nossa, quase chorei aqui :/
deve ser o momento mais dificil pra qualquer ser humano! ;s
linda a história!