terça-feira, 28 de junho de 2011

Era Setembro


Era setembro, o vento frio me fazia lembrar o seu colo quente e macio, meu coração ainda lembra, caminho sozinha, implorando para que o tempo volte.
Não diga adeus querido, quero sentir seu coração junto ao meu mais uma vez.
Só posso lembrar, corro mil léguas a sua procura, mais nada.
Você disse que era pra sempre!
Victoria Lopes

3 comentários:

Alê disse...

'Adeus: tipo de despedida mais triste que existe'

Júnior Shin. disse...

Comentei aqui, mas acho que não saiu.

Queria agradecer pela visita que fez ao meu blog, dizer que pode sentir-se à vontade sempre que acessá-lo. Gostei bastante do seu blog também, você escreve muito bem, gostei tanto que fiquei por aqui! Estou seguindo. ;**

Sarah Lisboa disse...

Escreve muito bem. é tenso e intenso, como se voce fizesse parte da historia, voce se envolve e nao da vontade de parar de ler. Gosto muito daqui.
seguindo forever rá :D kkk